Notícias

Avançam tratativas por viabilização de alfandegamento para Turismo e Porto Seco

Avançam tratativas por viabilização de alfandegamento para Turismo e Porto Seco

Presidente da Câmara de Vereadores de Santo Antonio do Sudoeste, avalia sinalização positiva para efetivação das demandas

Durante a quinta-feira (11), o prefeito de Santo Antonio do Sudoeste, Ricardo Ortina, juntamente com o Presidente do Poder Legislativo Municipal, Claudio do Carmo, reuniram-se com o Delegado Regional da Receita Federal, Mark Tollemache, a Delegada Substituta Simone do Rocio Veiga Felício e o Chefe da Receita Federal de Santo Antonio do Sudoeste, Romalino Corbari. Dentre os assuntos pautados na reunião, destacam-se, o alfandegamento para Turismo (ACI) e Porto Seco (EADI). Destaca-se, também, o somatório de esforços, entre a ADM Publica Municipal e a Receita Federal, para fortalecimento das entidades locais e o desenvolvimento de projetos conjuntos voltados ao desenvolvimento regional turístico, educacional e econômico.

“Está muito bem encaminhado, em fase de conclusão do processo de abertura, tem alguns tramites com a Polícia Federal, pois é preciso que esse organismo esteja junto, mas muito bem encaminhado. Da pra se dizer, em faze de conclusão e com garantia de sucesso. Parte do EADI Porto Seco, está bem encaminhado, mas ainda tem alguns trâmites burocráticos que precisam ser superados. Nesse sentido ficou previamente agendado uma conversa com um especialista da Receita Federal na parte aduaneira, ele virá para Santo Antonio do Sudoeste para conhecer a infraestrutura que nós temos, conhecendo o projeto da EADI do porto seco que será um investimento da ordem de sete milhões de reais em parceria com o IDR, que é a antiga Codapar. O IDR tem o interesse em administrar o porto seco, então seria uma parceria público-privada, sendo público pela parte da RF, na questão de fiscalização e privado no que concerne na parte de administração de terceirizados que estarão trabalhando e prestando serviço em conjunto,” diz o presidente do legislativo Cláudio Alain Guterres do Carmo.

Claudio destaca que o Delegado da Receita Federal deixou claro a vontade de levar adiante os pleitos da comunidade santo-antoniense, materializando a reinvindicação.

“Isso pode ajudar a solucionar um problema de sufocamento que há nos portos hoje, ele não vê nem um problema o funcionamento de dois portos, mesmo que sejam próximos. Agora nos falta cumprir algumas agendas na parte da questão burocrática, mas devido o fato de possuirmos uma infraestrutura pré-montada, estamos bem à frente de conseguir mais rápido essa conquista, é uma realidade bem próxima de ocorrer, claro que não é tão próxima quanto a questão do alfandegamento de turismo, mas com viabilidade dentro de uns 12 meses para termos algo concretizado, se não houver, é claro algum percalço,” destaca do Carmo.

Conheça o Município

Atendimento: Segunda a Sexta 08h - 12h - 13h30 - 17h       /       Sessão às Segundas-feiras: 19h